Corrigir a posição dos dentes e dos ossos maxilares que se encontram posicionados de forma inadequada, essa é a função da ortodontiaOs profissionais gabaritados para essa função, chamados de ortodontistas, se especializam nessa área da odontologia através de uma especialização, além dos cinco anos regulares de ensino.


Para saber se existe a necessidade de um tratamento ortodôntico, apenas seu dentista ou ortodontista poderá afirmar. Baseado em um diagnóstico, que incluí o histórico médico e dentário completo, exames clínicos, moldes, fotografias e radiografias especiais o especialista decidirá e poderá traçar um plano adequado para cada paciente.


Os principais distúrbios são dentes tortos ou dentes que não se encaixam de forma correta na boca, dificultando a limpeza o que poderá causar deterioração e doenças periodontais e consequentemente a perda. O paciente, também, pode sofrer uma sobrecarga adicional nos músculos de mastigação, levando a dores de cabeça, distúrbio da ATM (Articulação Têmporo Mandibular) e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas, além, é claro da aparência.


Como sei se preciso consultar um ortodontista?


Se você apresenta um desses fatores abaixo, pode ser um candidato ao tratamento ortodontico:


Sobremordida, os chamados “dentes salientes” — problema caracterizado por excesso vertical da região anterior da maxila e/ou uma sobre-erupção dos dentes dessa região. Nos casos de sobremordida, os dentes anteriores superiores recobrem quase 100% os dentes inferiores, conferindo um sorriso desagradável e problemas mastigatórios. Os dentes inferiores podem, inclusive, estar tocando no palato e na gengiva do arco superior.


Mordida cruzada anterior — uma aparência de "bulldog", quando a arcada inferior está projetada muito à frente ou a arcada superior se posiciona muito atrás.


Mordida cruzada — ocorre quando a arcada superior não fica ligeiramente à frente da arcada inferior ao morder normalmente.


Mordida aberta— espaço entre as superfícies de mordida dos dentes anteriores e/ou laterais quando os dentes posteriores se juntam.


Desvio de linha mediana — ocorre quando o centro da arcada superior não está alinhado com o centro da arcada inferior.


Diastema — falhas, ou espaços, entre os dentes como resultado de dentes ausentes ou dentes que não preenchem a boca.


Apinhamento —ocorre quando existem dentes demais para se acomodarem na arcada dentária pequena.


O tratamento ortodôntico eficaz, funciona por meio da utilização de diversos tipos de aparelhos, tanto fixos quanto móveis. Utilizados para ajudar a movimentar os dentes, retrair os músculos e alterar o crescimento mandibular, estes aparelhos funcionam colocando se uma leve pressão nos dentes e ossos maxilares. A gravidade do problema é que determinará qual o procedimento ortodôntico mais adequado e mais eficaz para cada paciente.


A ortodontia devolve ao paciente uma saúde bucal perfeita, uma aparência mais agradável e uma vida-longa aos seus dentes.

Ortodontia

My Image